Preparativos férias 2015 – Parte 4: Reservando o hostel na Bolívia

Pouco tempo depois de (supostamente) reservar os hostels na Colômbia eu acabei fechando um muito legal em La Paz. Como não sei como vou reagir na altitude decidi pegar apenas três diárias em La Paz para saber se já consigo encarar o tour no Salar de Uyuni. Portanto, a maior parte da minha estadia na Bolívia será fechada no susto!

Minhas primeiras três diárias serão num quarto privado do Hostel Loki que fica no coração de La Paz. Tem bar, lavanderia, áreas de convivência e parece ser super descolado! O pessoal de lá parece ser bem atencioso. Confirmaram rapidinho minha reserva, são super rápidos para me darem informações… muito diferente dos hostels da Colômbia que até parecem fantasma. Já mandei 2 e-mails e nem o Colobiam Dream nem o Casa Venecia confirmaram minha reserva. Estou pensando seriamente em cotar outros hostels e cancelar minha reserva. (no final acabei me hospendando no Hostel Perla Negra)

Ainda não sei se pegarei alguma diária na cidade de Uyuni ou se sairei fugida nas viagens de ônibus de 12 horas. Estou esperando chegar em La Paz, pois quem sabe me oferecem um tour por um preço legal saindo do hostel e voltando pro hostel… Duvido, mas vamos acompanhar!Também estou achando que não vou no Lago Titicaca porque senão será tudo muito corrido e meu cardiologista está pegando no meu pé falando para eu fazer tudo muito lento por causa da altitude.

E enquanto isso:

– Já tomei a vacina de febre amarela (e depois conto o drama que foi conseguir a carteirinha da Anvisa);

– Já decidi levar uma mala pequena e comprei uma mochila de ataque para levar meus pertences nos passeios;

– Já comprei uma mantinha linda de viagem para afastar um pouco do frio terrível que eu vou encarar;

– Já comprei várias peças de “segunda pele térmica” para ver se não morro congelada;

– Já consegui um saco de dormir emprestado da Pri;

– Já fechei meu seguro viagem;

– Já comprei vários remédios e montei uma mini farmácia;

– Bastão de selfie também já foi garantido para que eu possa sair em várias fotos;

– Mp3 player baratinho para que eu possa ter uma trilha sonora na minha viagem.

Acredito que agora meu principal e único problema é: como pagarei minhas contas? Aqui em Mogi não tem casa de câmbio com bolivianos. Já os pesos colombianos estão em falta e tem uma previsão de chegada em 2 dias para que eu possa fazer a reserva. Dizem que no aeroporto as casas de câmbio são muito caras e eu acabaria saindo no prejuízo. Levar dólares??? Só se for pra eu ficar deprimida de trocar quase 4 por 1, já que o real não está valendo quase nada… Acho que desta vez nem vou brincar de comprinhas no Duty Free #triste

Tenho certeza que em breve vou resolver todos estas questões, pois, La Paz, aí vou eu!!!

Anúncios