On the road – Bolívia – Day 3: Primeiro dia no Salar de Uyuni

On the road – Bolívia – Day 3: Primeiro dia no Salar de Uyuni

Após turistar no City Tour em La Paz, amanheci na estrada e quando o dia clareou já notei uma paisagem diferente. Tudo bem plano, bastante terra e areia.

Pouco depois das 6 desembarquei em Uyuni e fui assediada por dezenas de vendedores oferecendo diversas opções de tour. Fazia muito frio, eu estava bem cansada, minha mala era grande e desconfortável para arrastar naquele chão de paralelepípedo, então acabei fechando o passeio com uma senhora muito simpática dona da empresa Juliet Tour. No início ela falou que eu faria o tour com 1 japonês e 4 espanhóis (até me animei). Mas no final das contas foi o japonês, 3 franceses e 1 boliviana (que mora há 10 anos na França).

Tivemos uma convivência bem pacífica nos 3 dias de tour, mas confesso que já estava irritada de escutar francês o dia inteiro. O japa e um cone dava na mesma, pois ele não falava nada e a cada 10 minutos de conversa apenas 30 segundos era em inglês, o restante era em francês e eu não entendi grande parte do que era falado.

On the road – Foto by Évelin Karen

Parei para tomar um café decente antes de ir para o meio do nada e paguei caríssimo no meu desayuno: 50 bolivianos num misto quente com suco de laranja. Vou colocar no valor que usei o wifii e o banheiro do lugar para não achar que fui tão roubada. Como faltava cerca de 3 horas para o início do tour decidi “desbravar” a cidade. Conferi a feira de rua, tirei algumas fotos, comprei suprimentos e embarquei no jipe pilotado pelo guia Bartolomé. Tive muita sorte porque tivemos ótimo apoio do nosso motorista que era super simpático e solícito.

Uyuni – Foto by Évelin Karen

Nossa primeira parada foi o cemitério de trens. Uma paisagem cinematográfica, ótima locação. Fiz algumas poucas fotos e voltei para o jipe porque meu foco era o Salar!

Cemitério de trens – Foto by Évelin Karen

Na primeira parada no Salar já fiquei impressionada com a paisagem. Parece que estamos olhando para o infinito… para um suposto mar de sal. Nas fotos e vídeos é impossível ver como o lugar é lindo, indescritível e impossível de se apreciar sem óculos escuros.

Salar de Uyuni – Foto by não sei quem
Salar de Uyuni – Foto by não sei quem

Tivemos uma parada para fotos em Dakar (onde ficam as famosas bandeiras de países e times). Foi ali também onde paramos e fizemos nossa primeira refeição: arroz, legumes e chuleta. A comida estava fria, mas até que estava boa. Para acompanhar, coca cola em temperatura ambiente e banana de sobremesa.

Dakar – Foto by Évelin Karen
Dakar – Foto by Évelin Karen
Almuerzo – Foto by Évelin Karen

Nossa próxima parada foi nos Losangos de Sal. Foi lá que tiramos as fotos maia divertidas da viagem!

Losangos de Sal – Fotos By Bartolomé

Depois de fazer várias fotos paramos em Incahuasi, um lugar lindo onde os cactos dão um charme diferente à paisagem do salar.

Incahuasi – Foto by Évelin Karen

Percorremos um grande trecho recheado de belas paisagens até desembarcamos no nosso primeiro alojamento. Ficamos em um ótimo hotel de sal. Quarto privado com banheiro, chuveiro com água quente, limpo e super confortável para o padrão do rolê. Tínhamos eletricidade das 18 as 22h.Tomamos um chá da tarde, um bom banho e chegou a hora do jantar: frango, legumes, arroz e Paceña.

Primeiro alojamento – Foto by Évelin Karen

Não rolou muita conversa nem muita interação porque todos estavam cansados do deslocamento La Paz – Uyuni. Hora de dormir para encarar o segundo dia no Salar que reservava as primeiras lagunas e vulcões.

Anúncios