On the road – Furnas/ Capitólio

On the road – Furnas/ Capitólio

O destino escolhido desta vez foi um dos que estão no Top 5 do momento: Capitólio! Então no post de hoje vamos ter muitas fotos de canyons, cachoeiras e águas cristalinas deste que também é conhecido como o famoso “mar de Minas”.

Pedreiras – Foto by Évelin Karen

Já começo o post com uma dica: vale a pena ficar hospedado em Passos. A cidade é maior, você encontra mais opções de hotéis, restaurantes e comércio, logo o preço final da sua viagem fica mais baixo. Nos hospedamos no Presidente Hotel situado no centro de Passos. Ótimas instalações, café da manhã delícia, a noite serviram caldo de cortesia para os hóspedes (pra quem curte vale a pena). Se escolherem se hospedar lá lembrem-se de um detalhe: peçam um quarto que não seja virado para a rua (porque o barulho de carros e pessoas na rua incomoda bastante).

Desta vez tive apenas um final de semana para aproveitar longe de casa. O jeito foi encarar a estrada sexta a noite, chegando em Passos quase as 2 da matina. Era o que tinha em oferta! 
Sábado acordamos cedo e as 08:30 todos estavam devidamente instalados nos jipes do Compadres Turismo. Eu sou destas que gosta de viajar e faz questão de fazer os passeios com uma empresa de turismo. Respeito as opiniões dos outros viajantes, mas para mim, ter um guia, ouvir histórias e curiosidades do local, saber para onde estou indo e ter o conforto de ser guiada por alguém faz toda a diferença na viagem. Super recomendo contratar os serviços do Conrado que é super atencioso e, juntamente com o Gil, nos levou num passeio que deixou todos extremamente satisfeitos com o investimento.

Toda a família com o Conrado do Compadres Turismo

A primeira parada foi o mirante da hidrelétrica de Furnas. Ali já deu pra ter uma ideia que o dia nos reservava um misto de belas paisagens. 

Furnas – Foto by Évelin Karen
Nosso jipe na pedreira da barragem – Foto by Évelin Karen
Mirante de Furnas – Foto by Mamis

Depois começaram as paisagens ainda mais bonitas. A Cachoeira do Poço Dourado foi uma delas (com direito a mergulho na água gelada e belas fotos para guardar de lembrança). Dica; se você é alérgico a mosquitos como eu leve seu repelente e passe! Eu esqueci no hotel e nesta parada os mosquitos começaram a me atacar. Por sorte o Gil tinha um pouco no carro e me emprestou, caso contrário eu iria ficar igual um Chokito cheio de bolinhas de picadas. 

Cachoeira do Poço Dourado – Foto by Évelin Karen
Cachoeira do Poço Dourado – Foto y Évelin Karen
Mergulhinho de inverno na água gelada
Fotos by Alex

Depois fomos em algumas pedreiras que me lembraram bastante as lagunas que visitei no Salar na Bolívia.

Pedreira Lagoa Azul – Foto by Évelin Karen
Pedreira Lagoa Azul – Foto by Évelin Karen
Pedreira Lagoa Azul – Foto by Évelin Karen

Nosso almoço foi no restaurante em frente ao local de embarque das lanchas. Existem dois restaurantes: um a la carte e outro por kilo. Como comemos pouco escolhemos o por kilo e achamos a comida razoável. Comi um peixinho bem saboroso, mas muitos do meu grupo não gostaram das carnes que pegaram porque estavam duras.

Depois de almoçar foi hora de fazer o tão esperado passeio de lancha. Câmeras (para as fotos), biquínis (para os mergulhos), casacos (para se proteger do vento frio) e bons drink (pois é! Conrado e Gil arrasaram na produção e levaram até caixas térmicas para gente levar nossas bebidas). Eita passeio que deixa todo mundo a cara da riqueza! Adorei as paisagens, os paredões dos canyons e as cachoeiras. Desta vez não tive coragem de entrar na água, pois o sol não estava batendo nos locais para banho.

Capitólio na lancha – Foto by Évelin Karen
Capitólio – Foto by Évelin Karen
Canyons – Foto by Évelin Karen
Capitólio – Foto by Évelin Karen

Antes de ir embora fomos no mirante no alto dos canyons para apreciar a imensidão e curtir o fim daquele lindo dia em território mineiro.

Mirante Capitólio – Foto y Évelin Karen
Mirante Capitólio – Foto y Évelin Karen

Retornamos para o hotel e depois do banho a maioria escolheu saborear os caldos que eles forneceram de cortesia aos hóspedes. Como eu não sou fã de caldos e sopas preferi atravessa a rua para fazer gordice no Scarpas Beers. Achei o bar bem bonitinho, com um ambiente acolhedor, preços razoáveis e comida Ok.

Scarpas Beer – Foto by Évelin Karen
Curtindo um chopp de leve no Scarpas – Foto by Évelin Karen

No domingo de manhã conhecemos a Igreja de Nossa Senhora da Penha e a Catedral do Centro de Passos. Depois passeamos e fizemos compras na feira livre que rola aos domingos. Lá é possível encontrar de roupa a frutas, verduras, legumes, doces, queijos, brinquedos, pastel de quiabo com Bacon… Eu comprei uns brigadeiros de doce de leite muito maravilhosos.

Igreja de Nossa Senhora da Penha Foto by Évelin Karen
Catedral de Passos – Foto by Évelin Karen

Almoçamos no restaurante Cantinho de Minas (Bar do Barão) que fica em uma fazenda bem bonita: lago, rede, comida boa… só achei que os pratos demoram bastante tempo pra sair, porém vale lembrar que o restaurante estava cheio, era domingo e horário de almoço, portanto fica meio difícil fazer milagre.

Barriga cheia, pé na areia: hora de encarar a estrada e voltar para os nossos lares trazendo apenas boas recordações de um final de semana incrível.

Dicas (apenas relembrando):

– Se quer fazer um passeio completo contrate os serviços da empresa Compadres Turismo. Nossa experiência foi a melhor possível.

– Leve repelente (principalmente se você é alérgico). Eu fui picada mesmo sendo um ensolarado dia de inverno (e no verão os mosquitos fazem a festa sem dó nem piedade).

– Evite a alta temporada, pois ficamos sabendo que as atrações recebem muitos turistas e existe um grande fluxo de lanchas fazendo o passeio (chegando até a ser perigoso).

– Se hospede em Passos (a cidade tem uma estrutura bem melhor que Capitólio).

– Vá com no mínimo 2 dias para realizar passeios (pois assim você consegue conhecer O Paraíso Perdido que dizem ser um lugar incrível).

– Vai de carro? Prepare-se porque é um pouco longe. Gastamos 7 horas de viagem (fazendo apenas 2 paradas de 15 minutos). Se puder colocar um Sem Parar ou Connect Car você irá poupar um bom tempo parado nas filas dos vários pedágios da estrada.

– Vai se hospedar no Presidente Hotel? Peça um quarto que não seja virado para a rua.

– E a dica principal: Visite Capitólio e as belezas da região de Furnas. Você não vai se arrepender!

E no próximo post compartilharei com vocês a realização de um sonho: Rock in Rio 2017.

Anúncios