O tempo

Sabe, não é engraçado ver que o tempo passa. Sei que a cada dia é uma vitória, uma conquista, mas ao mesmo é assustador ver que os anos têm mudado constantemente, rapidamente… não consigo perceber. Mal me adapto com o ano de 1999 e Bang! Já estamos em 2010.

Por favor, inventem a tecla pause do tempo. As ações continuam, mas os dias, o clima acolhedor, as pessoas queridas… toda esta atmosfera de comercial de margarina permanece intacta. Quero muito este aparato perfeito, sem igual. Solução dos meus problemas e de várias pessoas que sofrem da tal síndrome do personagem infantil.

Mas enquanto isso simplesmente vivemos. Trocamos os calendários, bebemos champagne, comemos sete uvas, pulamos as tais ondas, vestimos determinadas cores, acendemos a chama da esperança.

Esperança de?

Anúncios

Deixe uma resposta