Escrevo

Escrevo o que quero, o que penso.
E não penso no estilo fuvest de dissertação.
Não escrevo como em essays, utilizando muito mais que argumentação.
Redijo e desabafo.
Letras que foramam palavras, sentenças, frases e que tiram um peso do ombro, da cabeça, do ser.
O que?

Anúncios

Deixe uma resposta