Expectativa, ânsia e tensão… muita tensão

Buenas crianças

Cá estou eu postando novamente neste meu querido espaço.
Como eu já tinha revelado fui pra esteira caminhar pra lugar algum e enquanto eu andava tocou Little Death do Plus 44. Na hora lembrei da Rafa, pois ela me disse uma vez que era sua música favorita deles. Foi quando eu lembrei de olhar no celular parar ver que dia é hoje. Seis meses que ela se foi.
Ela se foi, mas não totalmente. Hoje tanta coisa boa aconteceu pra tantas pessoas que eu tenho certeza que ela está lá de cima mexendo os pauzinhos. Já falei isso com algumas pessoas e meus olhos até enchem de lágrimas só de pensar.

Pra que servem os planos? Creio que servem somente para nos iludir ou criar uma impressão de que corremos atrás de algo… mesmo que depois nada que imaginamos aconteça. Porém, temos por costume comprar agendas todo o começo de ano, combinar com os amigos as próximas baladas, planejar as próximas gravações, horas de sono, etc, etc. Mas de que adianta pensar no futuro se, “um simples bater das asas de uma borboleta pode causar um tufão do outro lado do mundo”? Somos mesmo um bando de idiotas. De pensar que sempre será do jeito que a gente sonhou. Mas que fique bem claro que isso não é um comentário pessimista, pois pode ser ainda melhor que o que você tinha imaginado.

Muito confuso? Acredito que não.

Sempre perco o fio da meada nos meus textos, pois começo a escrever e vou fazer outras coisas. Aí já viu… não há atenção que não disperse.

Expectativa, ânsia e tensão… muita tensão. Amanhã novidades… ou, mais do mesmo.

Anúncios

Deixe uma resposta